/** PIXELS **/ /** PIXELS **/ Operação "Cosme & Damião" cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Água Clara - Portal Água Clara
[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 12 de Julho de 2020
banner
notícias : Água Clara

19/06/2020 as 12h19 / Por (G1 MS)

Operação "Cosme & Damião" cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Água Clara

Suspeito teria cometido abusos enquanto vítimas estavam dormindo ou então em festas, piscinas, ônibus e em outras ocasiões. Outro homem também é procurado

Imprimir
- Material apreendido com comerciante suspeito de abuso sexual em MS - Foto: Polícia Civil/Divulgação
- Ocultar Galeria
A Polícia Civil de Água Clara e o Ministério Público Estadual deflagraram nesta semana, nos dias 17 e 18, a operação "Cosme & Damião", que teve dois alvos, visando reprimir crimes sexuais envolvendo crianças e adolescentes no município. 
 
Um comerciante foi preso preventivamente e outro está foragido. Ambos serão indiciados em delitos como estupro de vulnerável, estupro, importunação ofensiva ao pudor, assédio sexual e armazenamento de conteúdo pornográfico infantil. 

Durante o cumprimento de uma das buscas, a equipe encontrou aparelhos eletrônicos com o envio e recebimento de fotos de conteúdo pornográfico por meio de redes sociais, além de inúmeras conversas de cunho sexual com menores de variadas idades. Os atos libidinosos praticados com crianças e adolescentes envolviam menores de 9 a 16 anos de idade. 
 
Festas, piscinas, ônibus e locais abandonados eram utilizados pelos criminosos, sendo que os encontros, quando consensuais, eram marcados por meio de redes sociais e whatsapp. Um dos investigados atuava em cargo público, tendo sido determinado seu afastamento como medida cautelar, visando resguardar a integridade das vítimas, as quais foram determinadas medidas de proteção. O suspeito encontra-se foragido. 
 
Segundo o delegado Felipe Madeira, responsável pelas investigações, sete vítimas já foram ouvidas, com idades entre 9 a 16 anos, além de uma jovem de 18 anos, no qual teria ocorrido a importunação ofensiva do pudor.
 
Em todos os casos, ainda conforme o delegado, houve a preocupação com a falta de monitoramento por parte dos pais. "Esses casos estão aumentando na cidade. Não sei se a pandemia é uma consequência, porém, verificamos extensas conversas desse indivíduo sem que os pais, professores e responsáveis ficassem sabendo, por exemplo. Houve situações em que ele trocou fotos com menores e isso por si só já é crime", explicou.

Denúncia ocorreu após 10 meses

Na última segunda-feira (15), quando a denúncia chegou ao conhecimento da polícia, as vítimas prestaram depoimento e falaram que, a maioria dos crimes, teria ocorrido em setembro de 2019. "O fato chegou ao nosso conhecimento somente após quase um ano. Acredito que as vítimas ficam preocupadas em se expor, mas, todos precisam pensar que, enquanto o abusador se sente seguro, vai continuar fazendo novas vítimas. É um caso atrás do outro no caso do comerciante e ele acredita realmente na impunidade", argumentou.
 
Conforme Madeira, é muito importante as pessoas confiarem na Polícia Civil e no Ministério Público. E, caso não queiram ser expostas, usem a denúncia anônima, que pode ser feita até pela internet. "A punição a ele foi muito rápida, após três dias. E vamos agir assim cada vez que recebermos denúncias do tipo. A delegacia praticamente para e dá prioridade a estes casos. O comerciante agora vai responder por estupro de vulnerável, estupro, enviar e receber conteúdo pornográfico de menor de idade e importunação ofensiva ao pudor", explicou.

É possível que outras pessoas tenham sido vítimas dos dois envolvidos. Para isso, é importante que sejam feitas as denúncias na Delegacia de Polícia Civil, inclusive, de forma anônima pelo telefone 3239-1101. 

Operação Cosme e Damião

A operação conjunta da Polícia Civil e Ministério Público ocorreu nessa quarta (17) e quinta (18), com o objetivo de reprimir o abuso sexual de crianças e adolescentes. Houve o cumprimento de uma prisão preventiva, um afastamento de cargo público e dois mandados de busca e apreensão; além da apreensão de objetos eletrônicos com provas materiais dos crimes.
 
O nome da ação é em referência os santos protetores das crianças. Cosme e Damião foram médicos que faziam caridade aos pobres, curando suas enfermidades, além de proteger e abençoar crianças e jovens.
 
A pena de estupro de vulnerável é de 8 a 15 anos e a de estupro de 6 a 10, sendo ambos os crimes hediondos, nos termos da lei.
COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Vacina conta o coronavírus do Instituto Butantan entra na 3° fase de testes
Imagem de "Jesus" aparece no meio de tronco em cidade de MS
Menino de 9 anos ajuda no parto e salva a vida do irmão que nasceu dentro de banheiro em MS
Duas jovens são presas após fazerem 'delivery' de drogas dentro de cemitério em MS
banner
© Copyright 2012 . Portal Água Clara