[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 19 de Novembro de 2017
Entrevistas

17/05/2016 as 08h35 / Por (Midiamax)

VÍDEO: Delcídio chama Renan de 'cangaceiro' e diz que presidentes sabiam da corrupção

Imprimir

A entrevista do ex-senador Delcídio do Amaral (sem partido) no programa Roda Viva, da TV Cultura, não trouxe fatos novos, ou que ainda não tinham sido revelados por ele em seu acordo de delação premiada. Todavia, o ex-petista fez duras críticas ao presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e voltou a frisar que o ex-presidente Lula e a presidente afastada, Dilma Rousseff, tinham pleno conhecimento dos esquemas de desvios praticados na Petrobras.

"Tenha paciência, é achar que todo mundo é ignorante, idiota. O presidente da Petrobras sempre teve ligação direta com o presidente (da República)”, disse Delcídio. Para ele, tanto Lula, quanto Dilma, e seu chamado núcleo duro, do qual ele afirma não ter feito parte, subestimaram os estragos que Operação Lava Jato fariam no governo petista.

O sul-mato-grossense ainda prometeu novas relações dos bastidores do poder na Capital Federal, e revelou que está ‘pesquisando’ seus arquivos da CPI dos Correios, que culminou com o escândalo do ‘mensalão’.

Questionado se era verdade que tinha enterrado em sua fazenda no Pantanal os arquivos da CPI do Correios. Delcídio não negou, tampouco confirmou, que tais documentos estariam ‘no solo pantaneiro’, mas disse que os tinha e que em breve eles serão trazidos à tona.

Delcídio negou que tenha recebido propina dos desvios da Petrobras, mas acusou seu ex-partido de ‘sistematizar’ a corrupção na maior estatal do país.

"Desde outros presidentes aconteceram casos de corrupção dentro da Petrobras e de outras companhias. A diferença é que foi aí (com governo petista) que começou a haver uma espécie de atuação sistêmica nas diretorias e atuações partidárias, que se criou um nível de operação muito mais amplo, concatenada, com o conhecimento das principais lideranças partidárias que compunham a base do governo federal. Isso é inegável".

Desculpas

O ex-senador sul-mato-grossense pediu desculpas pela situação que culminou com sua prisão, e ao falar da carta de sua filha que viralizou na internet, Delcídio assumiu a responsabilidade e a culpa pelo episódio.

Todavia, afirmou que foi denunciado por ‘tentar obstruir a justiça’ e não por crimes como ‘roubo, desvio de dinheiro ou contas no exterior’. E disse que o Senado não poderia ser conduzido por um homem com 12 processos ‘nas costas’, um ‘cangaceiro’. 

Assista a entrevista completa (AQUI)

 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Documento com mais de 250 assinaturas é protocolado no MP contra quedas de energia em Água Clara
Banda de rock de Ribas disputa festival de música neste sábado em Campo Grande
Vereador Saylon beneficia atletas de Água Clara com materiais esportivos da FUNDESPORTE
Criança morre em MS após ter 47% do corpo queimado com leite fervendo
© Copyright 2012 . Portal Água Clara