[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 19 de Novembro de 2017
Entrevistas

08/07/2016 as 08h00 / Por Antonio Paulo Munhoz ()

Em entrevista, vice-prefeita Valéria Travain esclarece os motivos por ter rompido com Silas José

Veja ainda quais são as pretensões dela para as eleições deste ano em Água Clara

Imprimir

Em uma decisão que causou muita surpresa no meio político em Água Clara, a vice-prefeita Valéria Travain (PTB) rompeu recentemente sua parceria de três anos e meio com o prefeito Silas José da Silva (PSDB). 

Em meio a rumores sobre o motivo dessa decisão, nossa reportagem procurou a vice-prefeita e presidente do PTB no município para que ela esclarecesse alguns boatos que vem se espalhando pela cidade nos últimos dias.  Na entrevista ao Portal Água Clara, Valéria contou que após muitas conversas anteriores, decidiu procurar o prefeito Silas José em seu gabinete na manhã de quinta-feira, dia 30 de junho, onde tiveram uma conversa franca e ela lhe disse que não teria mais intenção alguma em pleitear a cadeira de vice-prefeita em nenhum dos lados nas eleições 2016, mas que estaria disposta a somar com ele e pretendia concorrer à vereadora.

Na mesma ocasião, a vice-prefeita contou que Silas lhe disse que tinha todo direito de decidir sobre sua vida política e de seguir seus sonhos e ainda indagou que ela seria sim uma candidata a altura para concorrer com ele nessas eleições. 

Valéria ressaltou que em 2012 entrou de corpo e alma junto à administração municipal, com o objetivo de melhorar a cidade e sempre esteve disposta a ajudar o Executivo. “Coloquei-me a disposição em tudo o que precisavam durante esses três anos e meio, tanto que em um dos momentos mais críticos para o nosso prefeito, no qual eu poderia ter agido de diversas maneiras, fiz o que seria mais leal e digno para ambos e tenho certeza que ele jamais esquecerá isso”, disse a vice-prefeita se referindo ao episódio em que Silas foi afastado do cargo de prefeito pela justiça após operação do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime) que investigou suposta propina paga por ele a vereadores para aprovar projeto de lei de orçamento do município em junho de 2015.

No entanto, Valéria confessou que se sentiu desvalorizada após o diálogo que teve com o gestor do Executivo Municipal. “Fiquei muito decepcionada sim, pois depois que tivemos essa conversa, em nenhum momento ele valorizou o quanto eu poderia somar, mesmo pleiteando uma vereança, pelo contrário, já tornou-me sua oposição e depois de todos esses boatos, tomou algumas providências com pessoas que caminhavam lado a lado comigo, na qual eu não aprovei, isso mostra a importância que tenho para ele e o grupo. Mas espero profundamente que tenha sido apenas uma mera coincidência”, afirmou Travain.

Houve rumores nos bastidores de que há alguns meses atrás, Silas José já estava com dois nomes em vista para ser seu vice nas eleições. Perguntamos para Valéria se isso pesou na sua decisão. “O seu grupo estava realmente por trás procurando novos nomes para possível candidatura a vice, temos que concordar que foi sim uma falta de respeito comigo pelo tamanho da dedicação que eu sempre tive com a administração”, disse. 

Ao ser questionada se agora ela passa a figurar como opositora à administração atual, a vice-prefeita foi taxativa ao responder que essa situação partiu do prefeito.  “Ele me colocou como sua oposição desde que não quis meu apoio para somar junto ao grupo, independente de eu não querer ser mais a sua vice”, declarou. 

Quando perguntamos se agora a sua pretensão é ser candidata à prefeita junto com o Dr. Márcio de vice, ela foi curta, mas disse que há essa possibilidade. “A partir dos últimos acontecimentos, alianças e aceitação, sim é possível”, afirmou.

Por fim, perguntamos para Valéria sobre os rumores de que o seu partido poderia estar fazendo uma aliança com o ex-prefeito Tupete, pré-candidato nas eleições de outubro. A vice-prefeita deixou uma dúvida no ar sobre essa possibilidade. “Caso ele seja candidato, haverá três grupos: Silas, Tupete e Valéria. Serão três lideranças distintas”, sem maiores detalhes, finalizou Valéria Travain. 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Documento com mais de 250 assinaturas é protocolado no MP contra quedas de energia em Água Clara
Banda de rock de Ribas disputa festival de música neste sábado em Campo Grande
Vereador Saylon beneficia atletas de Água Clara com materiais esportivos da FUNDESPORTE
Criança morre em MS após ter 47% do corpo queimado com leite fervendo
© Copyright 2012 . Portal Água Clara