[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 16 de Agosto de 2018
notícias : Esporte

09/08/2018 as 07h42 / Por (Gazeta Esportiva)

Cássio salva má atuação e Corinthians perde só por 1 a 0 no Chile

Imprimir
Foto: Claudio Reyes -
- Ocultar Galeria

O Corinthians teve uma atuação muito abaixo da crítica na noite desta quarta-feira e só não viu sua chance de passar às quartas de final se esvair devido ao ótimo desempenho do goleiro Cássio. Com ao menos três defesas incríveis, o arqueiro só não conseguiu parar um gol de rebote de Carmona, no primeiro tempo, que determinou a vantagem mínima para o Colo-Colo no estádio Monumental, em Santiago.

Os dois times voltam a se enfrentar apenas no final deste mês, em duelo marcado para o dia 29 de agosto, na Arena Corinthians. Com o resultado desta noite, o Alvinegro precisa ganhar por dois gols de diferença para não depender dos pênaltis na busca pela vaga. Empate ou vitória mínima com gol do Colo-Colo (2 a 1, 3 a 2…) dão a classificação aos raçudos chilenos.

Enquanto o segundo embate não acontecesse, os comandados de Osmar Loss seguem sua caminhada no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. O próximo rival, por sinal, é o mesmo nos dois torneios. O time enfrenta a Chapecoense, no domingo, pelos pontos corridos, e, na quarta-feira, pelo mata-mata, ambas as vezes na Arena Condá.

Colo-Colo domina e sai na frente

O começo da partida em Santiago parecia mostrar um Corinthians bastante calmo frente ao estádio lotado e às tentativas de pressão do time da casa. O primeiro bom sinal veio com Pedrinho, que deu belo drible em Barroso logo em seu primeiro lance, passou por Insaurralde e só pecou ao tentar cruzar, mandando em cima da defesa chilena.

Esse início, no entanto, foi apenas um sopro de bom futebol dos alvinegros frente a um combativo, porém fraco tecnicamente Colo-Colo. Totalmente dependente de Valdivia, atleta com longo histórico de problemas físicos, o time da casa passou a empurrar o Corinthians ao seu campo e conseguiu impor certa pressão nas bolas alçadas na área, principalmente faltas laterais e escanteios.

O primeiro lance perigoso veio quando Paredes chutou de fora da área e Cássio mandou para o canto. Após a cobrança, a bola pipocou na área, a zaga não conseguiu tirar e Zaldívia, frente a frente com Cássio, parou em uma defesa com o corpo do arqueiro. Pouco depois, porém, o arqueiro corintiano não foi capaz de mandar o arremate de Lucas Barrios para longe, deu rebote e Carmona finalizou para o fundo do gol, abrindo o placar.

O tento, que teve grande mérito de Valdivia e Barrios na construção, deixou o jogo mais nervoso, com três cartões amarelos distribuídos em dez minutos. Sem bola rolando, a vantagem dos donos da casa seguiu intacta até o árbitro Wilmar Roldán decretar o final da primeira etapa.

Corinthians fica com um a menos e se segura

O segundo tempo começou igual para o Corinthians, sem conseguir manter a posse de bola, mas com uma notícia muito ruim em menos de dez minutos: Gabriel chegou atrasado em dividida e Carmona valorizou na queda. O juiz Wilmar Roldán considerou que a falta merecia uma segunda advertência e mandou para fora o corintiano.

O jogo parecia que ficaria restrito ao lado corintiano do campo, com um a menos e a opção por repor Gabriel com a saída de Jadson, único meia da equipe. Léo Santos, que fez apenas um jogo oficial como titular na posição de volante, entrou com a missão de parar as investidas de Valdivia, principal arma chilena.

Os donos da casa, no entanto, se retraíram e passaram a dar a bola para o Timão, talvez por estratégia, talvez por cansaço pelo forte ritmo imposto na marcação. O Alvinegro, no entanto, só conseguiu ameaçar em uma rara boa jogada de Avelar com Pedrinho, que o lateral recebeu dentro da área e chutou rasteiro, para fora.

Observando que poderia ampliar a vantagem, o Colo-Colo contou com a vitalidade de Valdes, recém-colocado em campo. Em chute do meia, Cássio espalmou e Pérez mandou para fora no rebote. Depois, Barrios recebeu cruzamento livre na área e mandou no contrapé de Cássio, que fez linda defesa. No fim, em bate-rebate, mais uma vez o arqueiro apareceu para salvar e manter a desvantagem mínima.

FICHA TÉCNICA 
COLO COLO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Estádio Monumental, em Santiago (Chile)
Data: 8 de agosto de 2018, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Wilmar Roldan (Colômbia)
Assistentes: Alexander Guzman e John Alexander Leon (ambos da Colômbia)
Cartões amarelos: Carmona, Opazo, Baeza, Insaurralde, Zaldivia (Colo-Colo); Gabriel, Douglas, Pedrinho (Corinthians)
Cartão vermelho: Gabriel (Corinthians)
Gols:
COLO-COLO: Carmona, aos 38 minutos do primeiro tempo

COLO-COLO: Orión; Opazo (Fierro), Zaldivia, Insaurralde e Barroso; Carmona (Valdes), Pérez, Baeza e Valdivia; Barrios e Paredes
Técnico: Hector Tapia

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Henrique (Carlos Augusto) e Danilo Avelar; Gabriel e Douglas; Pedrinho, Romero, Jadson (Léo Santos) e Clayson (Emerson Sheik)
Técnico: Osmar Loss

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Em protesto, cliente pendura caminhonete na frente de concessionária com aviso: "Não compre!"
Lula deve usar certidão 'sem antecedentes' para candidatura
Cúmplice de homem que matou cantor em tabacaria de Três Lagoas continua foragido
Contribuinte que está no 3º lote do IR 2018 recebe hoje restituição
© Copyright 2012 . Portal Água Clara