[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 21 de Setembro de 2017
notícias : Notícias

11/09/2017 as 09h51 / Por (Midiamax)

Professora e ex-primeira dama é encontrada morta em MS e prefeitura decreta luto

Imprimir
Divulgação -
- Ocultar Galeria

A ex-primeira dama de Deodápolis, a 264 km de Campo Grande, Cirene Passarini Martins, foi encontrada morta na manhã de ontem, domingo (10), na casa onde morava. Cirene, que atuava como professora, foi casada com o ex-prefeito Manoel Martins, o ‘Manezinho’.

Segundo o Impacto News, o corpo foi encontrado por uma irmã que chegou à casa acompanhada de amigos. Cirene foi achada em uma das varandas aos fundos da residência. Informações extra-oficiais, dão conta de que na casa havia um de seus filhos.

Um grande número de pessoas esteve na residência que fica próximo a E.E. Scila Médici. A Pericia técnica de Dourados foi acionada e realizou os procedimentos no local.

Cirene atualmente era Coordenadora do EJA (Educação de Jovens e Adultos) na rede municipal de ensino. Nos últimos anos, lutava contra um câncer.

Luto na cidade
Para homenagear a professora, a Prefeitura Municipal de Deodápolis decretou luto oficial nesta segunda-feira (11) e o expediente será reduzido até as 13h.

Já a Escola Municipal Elizabete Lucena Campos não funcionará. Cirene era Coordenadora do EJA (Educação de Jovens e Adultos).

O dia letivo da escola será reposto em um outro dia para completar o calendário escolar.

Suicídio, precisamos falar sobre isso
Setembro Amarelo é uma campanha de conscientização sobre a prevenção do suicídio, com o objetivo de alertar a população a respeito da realidade do suicídio no Brasil e no mundo e suas formas de prevenção.

Ocorre no mês de setembro, desde 2014, por meio de identificação de locais públicos e particulares com a cor amarela e ampla divulgação de informações.
Quadros depressivos são a principal causa identificada entre pessoas que se matam, como explica o psiquiatra Juberti Antônio de Souza, em entrevista ao Midiamax em maio deste ano. “A pessoa sofre tanto que tenta de todas as formas sair da situação de sofrimento e se pergunta se vale à pena continuar a viver”.

“Se a pessoa fica deprimida e desanimada, deixar de ter gosto pela vida, tem dificuldade em realizar as atividades que habitualmente realizava, devem ser acompanhadas com atenção. Por outro lado, pessoas que de repente começam a fechar os negócios, pagar dívidas, se reaproximar de familiares ou desafetos, como se estivesse fazendo um testamento, podem estar preparando sua morte, se despedindo da vida. Querem sair da vida sem deixar problemas”, alertou o psiquiatra.

Em setembro de 2016, durante a campanha Setembro Amarelo (campanha mundial pela prevenção ao suicídio), o coordenador de divulgação do GAV (Grupo Amor Vida), antes conhecido por CVV (Centro de Valorização da Vida), Roberto Sinai, alertou que sinais em pessoas que se mataram são muito claros. "Mais de 90% dos suicídios poderiam ser evitados se as famílias percebessem antecipadamente os sinais”.

O CVV funciona como um canal de prevenção ao suicídio. Por telefone, pelo número 141, e-mail ou Skype, e até pessoalmente, o voluntário conversa e tenta animar a pessoa, que não precisa se identificar, a encarar os fatos que lhe desafiam.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Brasil pode ficar sem horário de verão pela primeira vez em 32 anos
Em Três Lagoas, dona acha cachorra perdida depois de dois anos após ver foto no Face
Agência do Correios em Água Clara adere a nova greve; paralisação já ocorre em 25 municípios de MS
Márcia Vida consegue Micro-ônibus de R$ 230 mil para atendimento médico aos pacientes de Água Clara
© Copyright 2012 . Portal Água Clara