[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 17 de Julho de 2018
notícias : Notícias

17/04/2018 as 08h24 / Por (Perfil News)

Ao desviar de buraco, condutor tomba tre-minhão no KM 42 da BR 262

Imprimir
- Não houve fatalidade, mas deixou em estado grave o condutor do tre-caminhão da empresa Martins, de transporte de tora eucaliptos.(Foto/Assessoria)
- Ocultar Galeria

Mais uma vez a BR 262, a "rodovia da morte" registrou mais um acidente. Desde vez, não houve fatalidade, mas deixou em estado grave o condutor do tre-caminhão da empresa Martins, de transporte de tora eucaliptos.

Duas unidades de salvamento do Corpo de Bombeiros foram deslocados no início da madrugada desta terça-feira para dar os primeiros atendimento à vítima que estava com ferimento no braço (cotovelo) e na região da cabeça. Após ser atendida no local, o condutor foi removido para o hospital em Três Lagoas.

Equipe da PRF também participaram dos trabalhos, controlando o trânsito, bem como fazendo os levantamentos de como ocorreu o acidente. De acordo com informações, o condutor perdeu o controle da carreta ao desviar de uma buraco na pista.

OBRAS DE RECUPERAÇÃO
A BR 262, de acordo com o Dnit estava programada para iniciar obras de recuperação para Marcos deste ano, depois passou para abril, agora, segundo matéria publicada no jornal Correio do Estado, ficou agendada para o o mês de junho o início da obra.

Há dias, a reportagem do Perfil News enviou algumas perguntas à assessoria de Comunicação do Dnit, a fim de ter informações precisas de quando realmente as obras estariam programadas para serem iniciadas, entretanto até o fechamento dessa matéria, nada foi comunicado à reportagem.

GRANDE FLUXO
A BR 262, no trecho que liga Três Lagoas à Água Clara recebe grande fluxo de veículos, principalmente de caretas tre-caminhões que transportam eucaliptos para abastecer as fábricas de celulose instaladas em Três Lagoas. Devido a precariedade da rodovia já foi registrado vários acidentes mês de ano, inclusive com vítimas fatais, situação que a levou ser conhecidas como a "Rodovia da Morte".

A gerência do Dnit de Três Lagoas faz o impossível para atender a necessidade da Via, com equipes de tapa buracos e de limpeza no acostamento (nos trechos que existem), porém com o intenso tráfego, principalmente de trânsito pesado, esse trabalho não atende as necessidades do pavimento que já está completamente desgastado.

Enquanto nenhuma providência conclusiva não for tomada pelo Dnit, acidentes como esses serão constantes nessa importante via, que liga Três Lagoas à capital do Estado. Inclusive um movimento liderados por moradores que utilizam a rodovia está sendo organizado a fim de bloquear a estrada até que o órgão responsável autorize o início das obras.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Rapaz é suspeito de estuprar prima de 11 anos na casa dela, em Campo Grande
Conheça o táxi que voa a 400 quilômetros por hora
Venda de bebida industrializada que contenha açúcar poderá ser proibida em escolas
Ipê-Amarelo é escolhido como árvore símbolo de Mato Grosso do Sul
© Copyright 2012 . Portal Água Clara