[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 13 de Novembro de 2018
notícias : Notícias

13/09/2018 as 07h46 / Por (Midiamax)

PF conclui existência de possível plano para matar 'Polaco', alvo da Vostok

Imprimir
- Ocultar Galeria

No despacho em que determinou a prisão de 14 pessoas e medidas cautelares para o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), o ministro Felix Fischer cita que a Polícia Federal concluiu que José Ricardo Guitti Guimaro, o Polaco, seria alvo de um plano para “eliminação/morte”. Polaco é um dos 14 envolvidos em suposto esquema e deve se entregar na PF apenas nesta quinta-feira (13).

Conforme o ministro, “verificou-se, até mesmo, a possível arregimentação de eventual eliminação/morte de um dos atores da arquitetura criminosa, o investigado ‘Polaco”.

Segundo investigou a PF, o plano para eliminar o investigado teria ocorrido porque Polaco não estaria mais sendo “fiel” ao grupo criminoso. Anexo ao pedido de prisão, a PF deu mais detalhes sobre o caso, em depoimento de homem que teria sido contrato para executar Polaco.

Além de atuar como corretor de Gado, Polaco também trabalhava com troca de cheques e duplicatas. Ele já esteve envolvido nos escândalos sobre concessão de benefícios fiscais e chegou a registrar na Polícia Civil um boletim de ocorrência detalhando que facilitou encontro para assessor de Reinaldo Azambuja (PSDB) receber propinas.

Operação
Nesta quarta-feira (12), a Polícia Federal divulgou que aproximadamente 220 policiais federais cumprem 41 mandados de busca e apreensão e 14 mandados de prisão temporária, no âmbito da Operação Vostok, em Campo Grande, Aquidauana, Dourados, Maracaju, Guia Lopes de Laguna, e no município de Trairão, no Estado do Pará.

Wesley Batista, dono da JBS, contou que contou que a partir do começo de 2015, até o final de R$ 2016, repassou R$ 53 milhões em propina a Reinaldo (outros R$ 17 milhões foram antecipados na campanha de 2014, totalizando R$ 70 milhões), sendo R$ 33 milhões por meio das notas fiscais fraudulentas, e outros R$ 20 milhões entregues em espécie por Florisvaldo a um emissário de Azambuja, com alguns destes encontros acontecendo, supostamente, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Polícia Militar de Água Clara recaptura foragido da justiça
Ribas do Rio Pardo é condenada na Justiça por permitir entrada de menores em festa municipal
Pastor é baleado no altar durante pregação em culto em igreja de SP
Homem foragido rouba veículo em Dracena-SP e é preso em Água Clara pela PM
© Copyright 2012 . Portal Água Clara