/** PIXELS **/ /** PIXELS **/ Chefe de gabinete faz festa para filho, quebra decreto municipal e recebe multa em MS - Portal Água Clara
[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 29 de Março de 2020
notícias : Notícias

23/03/2020 as 08h38 / Por (G1 MS)

Chefe de gabinete faz festa para filho, quebra decreto municipal e recebe multa em MS

Imprimir
- Festa organizada pelo chefe de gabinete de Nioaque (MS) para o filho, de 4 anos. ? Foto: Promotoria de Nioaque/Divulgação
- Ocultar Galeria

Agenor Barbosa, chefe de gabinete do prefeito de Nioaque (MS), a 184 quilômetros de Campo Grande, foi detido e recebeu multa no município, após realizar uma festa para o filho de 4 anos, na sede da maçonaria da cidade, na noite deste sábado (21).

De acordo com a promotora Mariana Sleiman Gomes, a promotoria recebeu uma denúncia de uma festa que estaria sendo realizada na cidade e acionou o delegado. Quando promotora e polícia chegaram no local, o chefe de gabinete estava finalizando a celebração, com alguns convidados indo embora. Ele foi abordado pelos policiais e confirmou a organização do evento. Disse, ainda, que inicialmente teria convidado 100 pessoas, mas que apenas 50 compareceram.

Segundo a promotora, havia um decreto municipal proibindo qualquer tipo de aglomeração devido ao novo coronavírus. Ainda de acordo com Sleiman Gomes, a esposa do chefe de gabinete é enfermeira e o caso chamou a atenção por serem pessoas que deveriam dar bom exemplo. A promotora afirmou que vai oferecer denúncia contra Agenor Barbosa.

Ele foi encaminhado para a delegacia onde assinou um termo circunstanciado de ocorrência (TCO), já que se trata de um crime de menor potencial ofensivo. Ele infringiu o artigo 268, ao quebrar determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa, com pena de detenção de um mês a um ano, e multa. Agenor foi ouvido e depois liberado.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Covid-19: Aulas em autoescolas estão suspensas até abril
Em pior dia da pandemia, Itália registra 969 mortos em 24 horas
Servidor público pode ser a 20ª vítima fatal de dengue em MS
Coronavírus: STJ libera para prisão domiciliar presos por pensão alimentícia
© Copyright 2012 . Portal Água Clara