[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 08 de Agosto de 2020
banner
notícias : Notícias

29/07/2020 as 14h27 / Por (Correio do Estado)

Recorde: MS registra quase mil casos de Covid em um dia

Imprimir
- Ocultar Galeria

Em curva ascedente, Mato Grosso do Sul registrou novo recorde de casos de Covid-19, com 968 confirmações e 14 mortes em 24 horas.  

O número só não é maior do que o registrado no dia 22 de julho, quando foram 1.503 confirmações, mas, conforme o secretário estadual de saúde, Geraldo Resende, os casos de hoje representam recorde porque o boletim anterior tinha resultado de exames represados.

"Hoje é o segundo recorde do número de casos, só que na vez anterior era um acúmulo de vários dias e deu um número bastante expressivo. O número de hoje mostra a realidade do dia anterior, porque nós agora estamos tendo a possibilidade de fazer exames e a entrega deles em até 72 horas no máximo", explicou.

Com os novos casos, o Estado chega a 23.411 confirmações e 342 óbitos pela doença causada pelo coronavírus.  

Secretária adjunta de Saúde, Christine Maymone, disse que o aumento de casos é alarmante e a população precisa fazer a sua parte, mantendo isolamento social, usando máscaras e cumprindo protocolos de higiente.

“342 óbitos, 1,5% da taxa de letalidade, é extremamente trágico e traumático, significa que muitas famílias perderam seus entes queridos. Se multiplicar por dez, no minimo 3.420 pessoas estão pranteando seus entes queridos, se a família tiver dez pessoas. Então isso é uma questão que nós devemos nos assustar e fazer a nossa responsabilidade”, afirmou.

Geraldo Resende também fez um apelo para que a população colabore e afirmou que Mato Grosso do Sul está entre os estados com maior taxa de crescimento de mortes do País, o que causa preocupação.  

“São mortes e mais mortes que estamos anunciando a cada dia. Hoje 14 novos óbitos que mostra que a gente precisa com muita urgência celebrarmos acordo com prefeitos para nos próximos dias reverter essa situação, principalmente com monitoramento rigoroso dos casos positivos e rastreamento dos seus contatos”, disse Resende.

A principal questão, segundo o secretário, é aumentar os índices da taxa de isolamento, que se mantém abaixo dos 50% em quase todo o Estado.  

“Quem não contribui em ficar em casa, quem não contribui em usar a máscara, em manter regras de higiene, está sendo verdadeiro advogado de mortes em Mato Grosso do Sul. Faço apelo para reverter esse quadro de crescimento assustador que a doença está tendo nesse mês”, disse.

Boletim
Conforme o boletim epidemiológico divulgado hoje pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), 56 municípios do Estado registraram novos casos, sendo a maioria em Campo Grande, com 410 confirmações.

Dos 23.411 casos confirmados, 5.435 estão em isolamento domiciliar, 17.174 estão sem sintomas e já estão recuperados e 460 estão internados. Cinco pacientes internados são procedentes de fora do Estado.

Até esta quarta-feira (29), Figueirão continua sem ter casos confirmados da doença, sendo a única cidade do Estado nesta condição.

Das 14 mortesm cinco foram em Campo Grande, duas em Três Lagoas, duas em Aquidauana, e uma em Sidrolândia, Angélica, Corumbá, Naviraí e Bataguassu.

Taxa de letalidade é de 1,5% no Estado. 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Vídeo: Ciclista encontra linha de cerol atravessada em rua e pedalada quase termina em tragédia
Barbeiro transforma aparência de primo e 'antes e depois' choca a web
VÍDEO: onça-pintada é encontrada morta após ser atropelada em rodovia em MS
MS tem quase uma morte por hora, 29,9 mil infectados e 481 óbitos ao todo por coronavírus
banner
© Copyright 2012 . Portal Água Clara