CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 25 de Novembro de 2020
notícias : Notícias

21/10/2020 as 13h39 / Por (Correio do Estado)

Adolescente de 15 anos morre vítima de Covid-19 em Mato Grosso do Sul

Vítima não tinha comorbidades e Saúde investiga se ela desenvolveu outra síndrome

Imprimir
- Adolescente é a mais nova vítima da doença - Foto: Valdenir Rezende / Arquivo / Correio do Estado
- Ocultar Galeria

Uma adolescente de 15 anos, que não tinha doenças pré-existentes, morreu de Covid-19 em Campo Grande. Vítima estava internada e faleceu nessa terça-feira (20), sendo a pessoa mais nova vítima da doença em Mato Grosso do Sul.

Conforme o secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende, a adolescente não tinha comorbidades e equipe médica está investigando se ela pode ter desenvolvido uma síndrome muito rara que alguns jovens e crianças estão desenvolvendo, chamada síndrome inflamatória multissistêmica pediátrica (Simp).

"É uma síndrome que está se apresentando em jovens e crianças em todo o mundo e haveremos de fazer a investigação através da equipe que a assistiu para que possamos depois fazer a comunicação oficial", explicou.

Resende afirma também que o óbito de uma pessoa tão jovem e, até então saudável, demonstra a importância das medidas de prevenção por toda a população.

"É um aviso aos jovens, principalmente os que teimam que são mais fortes do que a doença, o vírus é poderosíssimo e tem levado muitos jovens em vários países do mundo, principalmente nesses novos surtos são pessoas em faixa etária menor do que a que foi acometida no primeiro surto epidêmico", afirmou o secretário.

Além da adolescente, outras cinco pessoas morreram de Covid-19 nas últimas 24 horas no Estado, com idades entre 60 e 77 anos e todos com comorbidades. Vítimas eram duas de Dourados, Japorã, Costa Rica, Aquidauana, e a jovem de Campo Grande.

Boletim
Nas últimas 24 horas, foram confirmadas 417 novos casos de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, com média móvel de 399,9 casos por dia.

Taxa de contágio voltou a registrar queda de um décimo, caindo de 0,94% para 0,93%, o que indica curva descendente da doença, segundo o secretário estadual de Saúde. 

"Tivemos curva ascendente a partir de julho, permaneceu em agosto e setembro em platô elevado e está tendo descenso em outubro, e vamos trabalhar para que o declínio possa continuar. Hoje a taxa é 0,93%, a menor que tivemos em 3 meses", disse o secretário.

Desde o início da pandemia, Estado contabilzia 78.360 casos confirmados, com 72.408 recuperados. Dos ativos, há 4.052 em isolamento domiciliar e 322 internados. 

Com relação as mortes, são 1.518 no total, com taxa de letalidade em 1,9%.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Lei proíbe fidelização em contratos de prestação de serviços com consumidores
Acidente envolvendo animal na MS-112, entre Três Lagoas e Inocência, deixa duas pessoas mortas
Procurado pela Interpol, ex-major de MS vivia em mansão na Europa avaliada em 2 milhões de euros
Advogado é preso acusado de pagar pais para estuprar adolescentes em MS
© Copyright 2012 . Portal Água Clara