[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 20 de Novembro de 2018
notícias : Polícia

05/09/2018 as 08h09 / Por (Midiamax)

Menina que engravidou do pai era estuprada diariamente quando levava marmita para autor em MS

Criança disse a psicólogos que não quer ser mãe

Imprimir
Divulgação -
- Ocultar Galeria

Em depoimento à polícia, a menina de 11 anos que engravidou após ser estuprada pelo pai disse que os abusos aconteciam diariamente no momento em que ela levava marmita para o autor, que trabalhava em uma fazenda próxima a casa onde a família morava, em Aquidauana. Embora não soubesse precisar com exatidão, a menor de idade informou que era violentada “há tempos”.

De acordo com Jackson Vale, delegado responsável pelo caso, a vítima morava com a mãe, o suspeito e oito irmãos. No entanto, não existem indícios de que outros tenham sido violentados pelo autor. “Depois que tudo foi descoberto a mãe conversou com os outros filhos e nenhum deles disse algo que pudesse gerar desconfiança e ser investigado”, explica.

O delegado afirma que o pai da garota confessou o crime e foi indiciado por estupro de vulnerável majorado pelo resultado gravidez e por ascendência. Ele está preso e foi encaminhado para o presídio de Aquidauana.

Hoje com cinco meses de gestação, a criança é recebe atendimento médico e psicológico no Creas (Centro de Referência Especializado da Assistência Social) de Anastácio, onde mora. Segundo Débora Ducarmo, coordenadora da unidade, por causa da idade e das circunstâncias em que a gravidez aconteceu, a menina afirma que não quer ser mãe.   

“Ela fala no desejo de não querer viver a maternidade, é uma criança. Por isso o esperado é que a criança vá para a adoção quando nascer”, conta.

O caso
Suspeito de estuprar e engravidar a filha, uma criança de 11 anos, homem de 36 anos foi preso na manhã do dia 31 de agosto, em Anastácio. De acordo com informações do site O Pantaneiro, atualmente a vítima está no quinto mês de gestação e na delegacia, o suspeito confessou o crime.

Jackson Vale, delegado responsável pelo caso, informou que a prisão foi decretada depois de investigações apontarem que o investigado pretendia fugir para o Rio Grande do Sul.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado em fazenda no Paraguai
YouTube adiciona filmes gratuitos e em breve opção chegará ao Brasil
Mulher esfaqueia marido após ser agredida com galhos de árvores no interior de MS
Dólar abre a semana em alta de 0,60% cotado a R$ 3,7598
© Copyright 2012 . Portal Água Clara