[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 20 de Novembro de 2018
notícias : Polícia

13/09/2018 as 07h49 / Por (Midiamax)

Policiais militares são presos com produtos contrabandeados em MS

Um deles, sargento lotado em Campo Grande, é um dos presos

Imprimir
- Ocultar Galeria

Três policiais militares foram presos pela PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual) com produtos contrabandeados do Paraguai, nesta quarta-feira (12) em Sidrolândia e Maracaju. Um deles, sargento lotado em Campo Grande, é um dos presos. Os três irão para audiência de custódia com a Justiça nos próximos dias.

Em maio deste ano, policiais militares que foram presos, na Operação Oiketikus acusados de integrarem a ‘Máfia dos Cigarros’. Os mandados tiveram como alvo residências e locais de trabalhos dos investigados, distribuídos nos municípios de Campo Grande, Dourados, Jardim, Bela Vista, Bonito, Naviraí, Maracaju, Três Lagoas, Brasilândia, Mundo Novo, Nova Andradina, Boqueirão, Japorã, Guia Lopes, Ponta Porã e Corumbá.

Todas as cidades fazem parte da chamada ‘rota cigarreira’, que integra rodovias, estradas e cabriteiras usadas para transportar cigarros produzidos no Paraguai e vendidos ilegalmente nas ruas de cidades brasileiras a preços bem menores que os oficiais, por não pagar impostos.

Um mês depois, soldado da Polícia Militar Wueverton Cabral de Azevedo, de 28 anos, foi preso com 10,5 quilos de skunk, também conhecida como supermaconha, em uma abordagem do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) por volta do meio-dia desta segunda-feira (4), na MS-164, proximidades do Assentamento Itamarati, em Ponta Porã, a 299 quilômetros de Campo Grande.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Sobrinho de prefeito de MS é sequestrado em fazenda no Paraguai
YouTube adiciona filmes gratuitos e em breve opção chegará ao Brasil
Mulher esfaqueia marido após ser agredida com galhos de árvores no interior de MS
Dólar abre a semana em alta de 0,60% cotado a R$ 3,7598
© Copyright 2012 . Portal Água Clara