[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 21 de Janeiro de 2019
notícias : Polícia

13/09/2018 as 07h53 / Por (Midiamax)

Homem ateia fogo na mulher e na filha de 3 anos em MS e acaba preso pela PM

Imprimir
Foto: Minamar Júnior -
- Ocultar Galeria

Um homem de 34 anos ateou fogo na esposa, de 37 anos, e na filha, de 3 anos, na noite desta quarta-feira (12), em casa da Rua Capitão Airton Rebouças, no Jardim São Conrado, em Campo Grande. A vítima foi incendiada enquanto amamentava a criança e, ambas foram socorridas com queimaduras de 1° e 2°grau.

De acordo com informações da Polícia Militar, houve uma tentativa de feminicídio. A mulher estava sentada na cama quando começou a amamentar a criança, filha do casal. De repente, o suspeito entrou no quarto e com um frasco de tíner, jogou na mulher e acabou respingando na menina. Depois disso o homem pegou um isqueiro e ateou na vítima.

Os vizinhos ouviram os gritos de socorro e chamaram o Corpo de Bombeiros. Inicialmente, o suspeito disse aos militares que estava fazendo bife na chapa e acabou pegando fogo no colchão, se alastrando para o cômodo.

A história não convenceu os militares e após questionamentos, ele acabou confessando que queimou a mulher propositalmente. O homem foi preso depois da chegada da Polícia Militar e será encaminhado para a Deam (Delegacia de Atendimento à Mulher).

Uma unidade avançada do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionada e as vítimas foram socorridas. A mulher teve 40% do corpo queimado e queimaduras de 2° grau nos braços e de 1° grau no tórax e barriga. A criança teve queimaduras nos pés.

Vizinhos informaram à reportagem que ouviram gritos da mulher falando “porque você fez isso”, seguidos de pedidos de socorro.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Em sessão extraordinária, Câmara aprova concessão de títulos de cidadão Água-Clarense
Eclipse lunar poderá ser visto segunda no país a partir de 00h36
Casal de idosos perde mais de R$2 mil em golpe após ligação de falso sobrinho em MS
Homem é morto com cinco tiros em Três Lagoas
© Copyright 2012 . Portal Água Clara