[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 16 de Fevereiro de 2019
notícias : Polícia

06/12/2018 as 08h01 / Por (Midiamax)

PMA corta 106 anzóis de galho armados ilegalmente no rio Coxim e solta 15 kg de peixes

Imprimir
- Ocultar Galeria

Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Coxim, que trabalha na operação Piracema, realiza fiscalização preventiva de monitoramento de cardume no rio Coxim e apreendeu nesta quarta-feira (5) 106 anzóis de galo (petrechos proibidos). Durante o corte dos anzóis, alguns exemplares de peixes, pesando em torno de 15 kg, que estavam vivos presos aos petrechos foram soltos no rio

De acordo com a PMA, os infratores que armaram os petrechos ilegais não foram localizados e nem identificados. Este tipo de fiscalização é fundamental. O monitoramento dos cardumes e a retirada desses petrechos ilegais dos rios impedem a degradação dos cardumes.

De acordo com a polícia, os infratores armam redes e anzóis (petrechos proibidos) pela madrugada, bem como fazem a conferência e retirada de peixes capturados no mesmo período, o que dificulta as prisões. Ainda segundo a PMA, mesmo que as equipes trabalhem durante o período noturno, pois, assim que ouvem barulho de embarcação da fiscalização, fogem pelas matas. Por isso, a retirada desses petrechos, que possuem alto poder de captura é tão importante.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Pedófilo que usava calcinha é preso em MS com vídeos e fotos pornográficas de crianças
Tarado desenterrou mulher no interior, deu banho no corpo e levou para Campo Grande
Agências Bancárias e correspondentes de Água Clara são autuadas pelo Procon por irregularidades
Polícia Ambiental captura a sétima serpente em Coxim em 15 dias
© Copyright 2012 . Portal Água Clara