[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 11 de Dezembro de 2018
notícias : Polícia

06/12/2018 as 08h30 / Por (G1 MS)

Polícia recolhe documentos oficiais jogados 'na surdina' em ruas de Campo Grande

Imprimir
- Documento da PF 'confidencial' jogado em rua de Campo Grande ? Foto: Graziela Rezende/G1 MS
- Ocultar Galeria

Agentes da Polícia Federal (PF), do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e do Serviço de Inteligência da Polícia Militar recolhem, na manhã desta quarta-feira (5), em Campo Grande, uma série de documentos oficiais e confidenciais, que foram espalhados em ao menos quatro pontos da cidade. Amostras dos materiais foram colocados em sacos pretos e encaminhados para perícia, conforme os agentes.

A PF informou à TV Morena que apura o caso e que, por enquanto, não irá se pronunciar.

Conforme apurado pelo G1, entre os papéis espalhados pelas vias está parte de um inquérito de 2010, sobre uma organização criminosa voltada ao tráfico de drogas. Há também notas de culpa, documentos de recebimento de presos, depoimentos de testemunhas, laudos periciais, degravações de conversas telefônicas, mandados de prisão e de busca e apreensão da operação que levou o nome de Quijarro.

As equipes também tentam recolher imagens de câmeras de segurança, no cruzamento da avenida Ernesto Geisel com a Fernando Corrêa da Costa, perto do Horto Florestal, região central. Inicialmente, os envolvidos levantaram a hipótese de que os papéis teriam sido descartados por um escritório de advocacia.

Outro ponto da cidade em que os documentos foram dispensados é a avenida Campestre e a Thyrson de Almeida, ambas no Aero Rancho, região sul da cidade, além da Salgado Filho.

Veja na íntegra na nota da Polícia Federal, em Campo Grande:

A Superintendência da Polícia Federal no Mato Grosso do Sul esclarece que trata todos os seus documentos em conformidade com as normas federais de sigilo, arquivo e destruição, sobretudo os relativos a inquéritos policiais. Lembra também que é prerrogativa do Advogado ter acesso e fazer cópia de documentos de inquérito policial, necessitando, nos casos que tramitam em segredo de justiça, da devida autorização judicial.

Em relação às matérias publicadas na data de hoje por veículos de imprensa, noticiando que documentos da Polícia Federal foram encontrados em ruas e em caçamba de lixo, a PF/MS informa que não se tratam de documentos originais e sim cópias obtidas por pessoas que devem ter tido autorizações de acesso aos processos, alguns dos quais remetem a processos que sequer são da Polícia Federal e nunca tramitam nela.

A PF/MS informa também que os documentos estão sendo recolhidos e analisados, a fim de que sejam obtidos melhores esclarecimentos sobre o ocorrido.

Diversos papéis espalhados em avenida do bairro Aero Rancho, em Campo Grande â?? Foto: Graziela Rezende/G1 MS
Diversos papéis espalhados em avenida do bairro Aero Rancho, em Campo Grande — Foto: Graziela Rezende/G1 MS

 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
MPF reforça pedido de condenação para Lula por sítio
Com calor de 36,9ºC, Água Clara registra 3º maior temperatura do país nesta segunda
Homem perde perna e braço após ser atropelado por trem em município de MS
Avião cai minutos após decolar e piloto morre em MS
© Copyright 2012 . Portal Água Clara