CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 25 de Novembro de 2020
notícias : Polícia

18/11/2020 as 15h11 / Por (Midiamax)

Mãe descobre que filha de 11 anos era estuprada há cinco meses por peão de fazenda

Justiça determinou a prisão preventiva do peão<br />

Imprimir
(Ilustrativa) -
- Ocultar Galeria

A Justiça decretou a prisão preventiva de um peão de 26 anos que estuprou durante cinco meses, uma menina de 11 anos, em uma propriedade rural próximo a Ladário a 426 quilômetros de Campo Grande. A prisão foi decretada nesta quarta-feira (18), pela 2º Vara Criminal.

Os estupros começaram em agosto de 2019 e perduraram até janeiro deste ano, quando a mãe da menina descobriu sobre os abusos. A menina foi morar com a mãe em meados de 2019, em uma fazenda sendo que o peão frequentava a casa da criança já que era amigo do irmão da vítima.

Nestes cinco meses, a menina foi estuprada sistematicamente pelo homem, que perseguiu a criança mesmo depois da sua mudança para a cidade com a mãe momento em que acabou contando sobre os estupros.

O peão passou a mandar mensagens para a criança e a persegui-la sempre que a via na rua. A criança está sendo acompanhada por psicólogos e o caso ainda segue em investigação. A prisão foi decretada, após a denúncia de perseguição do homem a criança, que contou em depoimento especial que ele a ameaçou dizendo que se falasse sobre os abusos para a mãe, ela seria presa e a vítima acabaria em um abrigo.

 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Lei proíbe fidelização em contratos de prestação de serviços com consumidores
Acidente envolvendo animal na MS-112, entre Três Lagoas e Inocência, deixa duas pessoas mortas
Procurado pela Interpol, ex-major de MS vivia em mansão na Europa avaliada em 2 milhões de euros
Advogado é preso acusado de pagar pais para estuprar adolescentes em MS
© Copyright 2012 . Portal Água Clara