Água Clara/MS . 15 de Abril de 2021

CLIQUE PARA FECHAR
notícias : Polícia

06/04/2021 as 13h59 / Por (Campo Grande News)

Família é rendida por bandidos e torturada com roleta-russa por 4h

Imprimir
  • -
- Ocultar Galeria

Três criminosos encapuzados invadiram uma casa em Itaquiraí, distante 410 quilômetros de Campo Grande, renderam uma família e fugiram levando caminhonete e picape. O caso aconteceu na noite de ontem (5), no Assentamento Santa Rosa. Durante o roubo, as vítimas foram torturadas com roleta-russa durante 4 horas.

Conforme boletim de ocorrência, o casal de 26 e 28 anos contou à polícia que por volta das 19h de ontem viveu momento de angústia e desespero. Eles estavam em casa, quando foram surpreendidos por desconhecido dizendo que o carro havia quebrado nas proximidades. Ao abrir a porta para ir ajudar, o morador foi surpreendido por três criminosos encapuzados anunciando o assalto. Eles invadiram a casa, arrombaram a porta do quarto onde estavam a ex-namorada dele e os filhos dela, de 2 e 9 anos.

Os bandidos, então, passaram a torturar a família fazendo roleta-russa. Na sequência, parte da quadrilha fugiu levando a picape Fiat Strada e a caminhonete Chevrolet S10, enquanto isso um dos comparsas permaneceu dentro da casa para garantir que os veículos cruzassem a fronteira em segurança.

Nesse período, ele usou cocaína, xingou, ameaçou e chutou objetos. Depois de 4 horas, a família só conseguiu escapar pelo pasto e pedir ajuda para a vizinha, porque o bandido saiu para fazer uma ligação ao comparsa. Foram levados também documentos pessoais e das caminhonetes.

Outro roubo - Há 3 dias, uma mulher de 50 anos e um homem de 63 anos também foram vítimas de bandidos encapuzados, no assentamento Santo Antônio. Ainda não há informação se é a mesma quadrilha que está agindo na cidade. O crime aconteceu no último sábado (3), mas foi registrado somente nesta terça-feira.

Eles estavam em casa, quando foram surpreendidos por homens encapuzados, tiveram as mãos amarradas, foram colocados dentro de um VW FOX e levados para uma área de mata, enquanto o outro autor fugiu com o veículo. O casal ficou refém por cerca de 5 horas até que uma caminhonete passou no local e buscou o autor. Depois disso, os dois conseguiram fugir e pedir socorro. O veículo seria levado e vendido por R$ 5 mil no país vizinho, segundo relatos da vítima à polícia. - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Paulo Gustavo: sem hemorragias, médicos têm 'mais confiança' em recuperação
Invasão de grilos que estão tirando o sono dos Água-Clarenses deve acabar em um mês
TV é furtada da Escola Municipal Márcia Fioratti, em Água Clara
Suzano abre seleção com 10 vagas para as áreas de Planejamento Florestal e de Logística
© Copyright 2012 . Portal Água Clara