Água Clara/MS . 22 de Fevereiro de 2024

notícias : Polícia

05/12/2023 as 10h16 / Por (O Globo)

Alvo da PF, Alexandre Pires tem mansão de 16 milhões e 200 veículos na garagem

De acordo com investigações da PF, Alexandre Pires teria recebido ao menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada.

Imprimir
  • - Alexandre Pires durante show em cruzeiro, em Santos: cantor acabou alvo de busca e apreensão da PF ? Foto: Reprodução
- Ocultar Galeria

O cantor Alexandre Pires foi alvo de um mandado de busca e apreensão, nesta segunda-feira, decorrente de uma investigação da Polícia Federal para desarticular um esquema de financiamento e logística ao garimpo ilegal na Terra Indígena Ianomâmi. De acordo com o inquérito, o artista teria recebido ao menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada.

 

'Verdadeiro oásis'
Dono de um extenso patrimônio, o artista vive numa mansão avaliada em R$ 16 milhões na região da Granja Viana, em São Paulo. A propriedade de dois andares foi posta à venda no fim do último ano. Tem um terreno de 6.902 m² e conta com atrativos como piscina, sauna, estacionamento para 200 veículos, duas cozinhas industriais, ofurô, jardim de inverno..

No anúncio de venda da mansão, o enunciado informa: “Um verdadeiro oásis decorado com muito requinte”.

 

Mesmo prédio de Neymar
O cantor também é proprietário de um imóvel em Itapema, em Santa Catarina, estimado em R$ 4 milhões.

E possui um apartamento no condomínio Yachthouse Residence Club, em Balneário Camboriú (SC), no prédio que é considerado o edifício mais alto do Brasil, com 81 andares e 275 metros de altura — e onde Neymar é proprietário de uma cobertura quadríplex. Os apartamentos, por ali, custam, em média, R$ 8 milhões.

Réveillon em Florianópolis
Pires deverá receber R$ 650 mil para se apresentar no próximo Réveillon de Florianópolis (SC). Em junho, ele teria recebido R$ 580 mil para se apresentar na festa de São João de Maracanaú, no Ceará.

ALEXANDRE PIRES É ALVO DA PF:

  • O cantor Alexandre Pires foi alvo de um mandado de busca e apreensão, nesta segunda-feira, decorrente de uma investigação da Polícia Federal para desarticular um esquema de financiamento e logística ao garimpo ilegal na Terra Indígena Ianomâmi.
  • De acordo com o inquérito, o artista teria recebido ao menos R$ 1 milhão de uma mineradora investigada.
  • O inquérito aponta ainda que o esquema contaria, ainda, com um empresário do ramo musical, de expressão nacional, que seria um dos responsáveis pelo núcleo financeiro dos crimes.

 

 

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Nova lei do CPF começa a valer: entenda as mudanças
Oportunidade de carreira na Eldorado Brasil: Programa Jovem Aprendiz abre 50 vagas para Três Lagoas
Suzano abre 20 vagas em curso de pintura imobiliária oferecido pelo Senai em Ribas do Rio Pardo
Carro de prefeitura é flagrado com mais de 7 mil maços de cigarros contrabandeados em MS
 Copyright 2012 . Portal gua Clara