[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
Água Clara/MS . 20 de Abril de 2019
notícias : Política

12/07/2018 as 08h05 / Por (Correio do Estado)

Queda de Odilon e crescimento de André e Azambuja embolam disputa pelo governo de MS

Pesquisa mostra empate técnico na preferência do eleitorado em Campo Grande

Imprimir
- Foto: Arte: Correio do Estado -
- Ocultar Galeria

A pesquisa do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems) contratada pelo Correio do Estado e realizada em Campo Grande, maior colégio eleitoral do Estado, com 591.374 eleitores – de acordo com levantamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) –, aponta queda na preferência pela pré-candidatura do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) e crescimento do ex-governador André Puccinelli (MDB) e do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O resultado final mostra todos os três “embolados” na corrida pela disputa do voto do eleitor da Capital.

O levantamento do Ipems indica a queda de 5,73 pontos porcentuais do apoio dos campo-grandenses a Odilon em comparação entre a amostragem de abril e a de julho. Hoje, o juiz tem 30,74% das intenções de voto. Antes, era de 36,47%. Diante deste novo cenário, André encostou em Odilon. Em abril, a diferença entre os dois era de 9,23 pontos porcentuais. Agora, com 29,39% das intenções de voto do ex-governador, essa margem caiu para 1,35 ponto.

Na esteira, aparece Azambuja, com 25,77% das intenções de voto, aproximando-se de André e Odilon. Em abril, a diferença do líder juiz para o governador (que tinha 21,81%) era de 14,66 pontos porcentuais. Hoje, está a 4,97 pontos. Com esse índice, o governador reduziu a distância de André para 3,62 pontos.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
MS tem 2ª maior taxa e fica na principal faixa de transmissão da dengue
Aviões de MS são apreendidos com drogas e 1 derrapa ao pousar em SP
Site permite consultas a qualquer CPF de graça; veja
PRF inicia Operação Semana Santa que vai até o próximo domingo
© Copyright 2012 . Portal Água Clara