[PLANTÃO DE NOTÍCIAS]
CLIQUE PARA FECHAR
Água Clara/MS . 16 de Julho de 2018
notícias : Política

12/07/2018 as 08h05 / Por (Correio do Estado)

Queda de Odilon e crescimento de André e Azambuja embolam disputa pelo governo de MS

Pesquisa mostra empate técnico na preferência do eleitorado em Campo Grande

Imprimir
- Foto: Arte: Correio do Estado -
- Ocultar Galeria

A pesquisa do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems) contratada pelo Correio do Estado e realizada em Campo Grande, maior colégio eleitoral do Estado, com 591.374 eleitores – de acordo com levantamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MS) –, aponta queda na preferência pela pré-candidatura do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) e crescimento do ex-governador André Puccinelli (MDB) e do governador Reinaldo Azambuja (PSDB). O resultado final mostra todos os três “embolados” na corrida pela disputa do voto do eleitor da Capital.

O levantamento do Ipems indica a queda de 5,73 pontos porcentuais do apoio dos campo-grandenses a Odilon em comparação entre a amostragem de abril e a de julho. Hoje, o juiz tem 30,74% das intenções de voto. Antes, era de 36,47%. Diante deste novo cenário, André encostou em Odilon. Em abril, a diferença entre os dois era de 9,23 pontos porcentuais. Agora, com 29,39% das intenções de voto do ex-governador, essa margem caiu para 1,35 ponto.

Na esteira, aparece Azambuja, com 25,77% das intenções de voto, aproximando-se de André e Odilon. Em abril, a diferença do líder juiz para o governador (que tinha 21,81%) era de 14,66 pontos porcentuais. Hoje, está a 4,97 pontos. Com esse índice, o governador reduziu a distância de André para 3,62 pontos.

COMENTÁRIOS
VEJA TAMBÉM
Salário mínimo aprovado para 2019 cai de R$ 1.002 para R$ 998
Cartórios querem revisão dos valores cobrados pelos serviços em MS
Traficante abandona Jeep carregado com 243 kg de maconha em MS
Prefeituras abrem concursos com salários de até 10,7 mil em MS
© Copyright 2012 . Portal Água Clara